Sabes aquela tua amiga? – a nossa mãe é enfermeira

Sabes aquela tua amiga?

By

Sabes aquela tua amiga que foi mãe há pouco tempo?

Aquela com quem tomavas café todas as semanas, que andava sempre bem penteada, unhas arranjadas e maquilhada?

Aquela que agora raramente vês, que agora demora 3 dias a responder ás tuas mensagens?

Aquela que encontraste por acaso a semana passada e quase não a reconhecias?

Aquela que em vez do cabelo arranjado tem um rabo-de-cavalo feito à pressa, e em vez da maquilhagem tem umas olheiras até aos pés e um ar de zombie saído do “The Walking Dead”

Pois é, essa tua amiga precisa de ti!

Vai a casa dela, manda-a para a cama 2 ou 3 horas. Se fores mesmo daquelas amigas do peito abre o frigorifico, vê o que falta, agarra no bebé que tem 2, 4, 6 ou 8 meses – pouco importa! – e vai as compras.

Quando chegares manda a tua amiga encher a banheira enquanto lhe fazes o jantar – ou o almoço! Dá uma olhada pela casa e vê que podes fazer em pouco tempo para a aliviares um bocadinho: põe roupa a lavar e estende ou apanha, passa-lhe o aspirador ou limpa-lhe o pó.

Finalmente senta-te com ela á mesa e conversem! Vai fazer-lhe bem conversar com alguém que não a vai julgar nem colar-lhe uma etiqueta de “incapaz”! E se ela chorar, não lhe digas que está deprimida, diz-lhe só que o que ela está a viver é normal e que não tarda tudo vai entrar nos eixos.

E se ela estiver mesmo com dificuldades relembra-lhe que os profissionais não mordem e a ajuda que dão pode ser preciosa! As vezes bastam duas ou três sessões para dar o empurrãozinho que vai aumentar a confiança e desbloquear a situação.

Para ti será apenas um dia diferente no meio de tantos outros… Para a tua amiga será o dia que fará toda a diferença no meio de tantos outros!

O primeiro ano de vida de um filho – seja o primeiro, o segundo ou o quinto filho! -é sempre uma verdadeira maratona olímpica. Nem sempre a adaptação a esta nova vida é fácil e muitas vezes a mulher apesar de esgotada não pede ajuda com medo de ser julgada, de sentir não estar à altura, ou simplesmente porque está tão cansada que só a ideia de ter de explicar tudo o que esta a viver já a deixa exausta.

Sabes aquela tua amiga?

Somos todas nós.

E todas nós, uma altura ou outra, precisamos de um amiga como tu!

Lembra-te disto da próxima vez que achares que “aquela tua amiga” está mesmo com um ar cansado 😉
Assim vai a vida… aos olhos de uma mãe!

You may also like

Leave a Comment

Your email address will not be published.

scriptsell.neteDataStyle - Best Wordpress Services
error: Content is protected !!