Saudades de emigrante…

By

Quem me conhece sabe que não penso voltar a viver em Portugal. Conquistei demasiado nestes ultimos anos para pensar em voltar.

Sabe até que não gosto de dizer que sou emigrante, mas antes uma cidadã do Mundo…

No entanto isso não significa que não sinta saudades. E hoje foi um dia em que a saudade e a nostalgia marcaram presença…

Dei por mim a pensar o que faço eu longe da minha familia, das minhas raízes, do meu país.

A ter saudades de uma tarde na esplanada à beira mar.

Saudades da comida da mamã. Do miminho da mamã.

Saudades do café português e do pão português.

Saudades do sol Lisboeta.

Saudades de tudo.

Mas o que mais me custou hoje, foi a tristeza que senti ao ver os meus filhos falarem com a avó através de videochamada.

A trocarem “adoro-te muito” e “tenho muitas saudades” separados por 2000km. Ver os meus filhos darem beijinhos a um ecrã de telemovel. A amar através de um pedaço de vidro.

Há escolhas que fazemos cujas consequências por vezes nos parecem demasiado duras…

Eu sei porque vim, sei o que faço aqui e sei porque não tenciono voltar.

Mas há dias em que ser emigrante custa e estar longe dói, e hoje foi um deles…

Assim vai a vida, aos olhos de uma mãe!

Tags:

You may also like

Leave a Comment

Your email address will not be published.

scriptsell.neteDataStyle - Best Wordpress Services
error: Content is protected !!